Murtosa prepara-se para “presentear” a Ria de Aveiro com mais um moliceiro

 

 

Depois do “Presidente”, a Murtosa dará, em breve, mais um barco moliceiro tradicional à Ria de Aveiro. O “Conquistador” – assim será chamado o novo moliceiro – está a ser construído, com recurso a técnicas tradicionais, pelo mestre Marco Silva, na Torreira.

 

A embarcação que aos poucos vai ganhando forma, é propriedade de Márcio Nunes e Domingos Mole, dois cunhados naturais e residentes na Murtosa, que embarcaram juntos na aventura de construir um barco moliceiro de raiz.

 

“O nascimento do ‘Conquistador’ constitui um motivo de regozijo, na medida em que representa mais um passo na preservação do barco moliceiro – a mais bela embarcação do mundo – com todas as suas caraterísticas originais e tradicionais, afirmando, cada vez mais, a Murtosa enquanto território que é, simultaneamente, o coração da Ria e a pátria do moliceiro”, destaca a autarquia, em comunicado.

 

Segundo realça, ainda, a câmara municipal, a construção do “Conquistador” consolida “a tendência de aumento do número de moliceiros tradicionais, com capacidade para navegarem à vela em ‘ria aberta’, depois de um período de  declínio”.

 

Antecederam o “Conquistador” as embarcações “Marco Silva”, de Marco Silva, em 2015, “Um Sonho”, de José Rebelo, em 2016, “Ferreira Nunes”, de António Nunes, em 2018 e “O Presidente” da empresa Terra d’Água, já este ano.

 

Partilhar
avatar
  Notificações  
Notificação de