Os dez lugares mais instagramáveis de Aveiro, cidade e distrito

“Romântica, natural e muito doce”, é assim que o Turismo Centro de Portugal descreve Aveiro, cidade lusa de raízes na Ria que, cada vez mais, se enche de pessoas de diferentes pontos do país e do globo com uma vontade palpável de explorar o que a torna especial. Mas não só da cidade se faz o distrito. Há muitos outros pontos em Aveiro que merecem uma visita e um clique por parte de quem gosta de registar nas redes sociais o deslumbre que despertam.

 

São vários os locais que inspiram quem se passeia pelo património – histórico, cultural, paisagístico – de Aveiro a tirar fotografias para partilhar no Instagram. Locais em tudo únicos que colocam a cidade e o distrito no mapa de muitos curiosos. São, porém, dez os lugares que surgem como mais instagramáveis, não só pelas cores e história que trazem ao ecrã mas também pela experiência que retratam e imprimem na memória.

 

 

Ponte dos Laços

 

 

Esta ponte, com um conceito diferente lançado em 2014 por dois estudantes da Universidade de Aveiro, cativa pelas cores que a preenchem. É difícil, ao atravessá-la, não cair na tentação de ler os vários nomes e mensagens escritos nas centenas de laços que, atados à estrutura da ponte, se movem com o vento, criando uma imagem – instagramável – única e verdadeiramente bonita.

 

Casa do Mercado

 

 

Com mais de meio século de História e histórias, a Casa do Mercado, poisada na calçada portuguesa do Cais dos Botirões, é agora uma moradia de alojamento local que não deixa indiferente quem por ela passa. De paredes amarelas e azuis, é uma casa típica erguida no coração da cidade de Aveiro que desperta o bichinho instagrammer de muitos transeuntes.

 

Moliceiros

 

 

Outrora utilizados como instrumentos de trabalho na recolha de moliço, os típicos barcos moliceiros deslizam agora pelos canais, embelezando-os, com turistas de olhos bem abertos a bordo. Com pinturas coloridas e mensagens que nos levam a viajar no tempo, são embarcações elegantes que não escapam à lente de nenhum viajante.

 

Museu Arte Nova e Casa de Chá

 

 

O Museu Arte Nova está sediado num dos mais impressionantes exemplares arquitectónicos deste estilo, sendo um dos edifícios em Aveiro que mais desperta o olhar atento dos instagrammers. No rés-do-chão, também a Casa de Chá, um espaço acolhedor e repleto de pormenores fascinantes, merece uma visita e, inevitavelmente, uma partilha nas redes sociais.

 

Arte urbana

 

 

A cidade-museu da Arte Nova em Portugal é também agora uma galeria de arte urbana. São vários os trabalhos de artistas – nacionais e internacionais – de renome que trazem às paredes da cidade cor e significado. De paragem obrigatória para fotografias com personalidade são a Rua dos Marnotos, com obras da autoria de Miguel Valiñas, Ratu e Zooter, e as paredes em frente à Estação Ferroviária, onde há um rosto esculpido por Vhils e um mural com figuras humanas assinado por António Conceição.

 

Palheiros da Costa Nova

 

 

As famosas e singulares casas às riscas, originalmente em tons de vermelho ocre e preto, são hoje motivo de romaria à Costa Nova. Imprescindível para tal ventura aos palheiros é, pois, a máquina fotográfica. As cores destas pequenas casas – construídas por pescadores e, em tempos, usadas como armazéns de redes e outros materiais associados à pesca – fazem delas um dos cenários mais fotografados na região Centro.

 

Bronze Seafood & Lounge Bar

 

 

Destacado num artigo do The Guardian como um dos dez melhores restaurantes de praia da Europa, o Bronze Seafood & Lounge Bar é o sítio ideal para fotografar o pôr do sol na praia da Costa Nova enquanto se conforta estômago e alma.

 

Farol da Barra

 

 

Considerado o mais alto farol de Portugal e o segundo maior da Europa, o Farol da Barra é um dos ex-líbris do município de Ílhavo. Todos os anos, são milhares os turistas que sobem os seus 288 degraus e se deixam deslumbrar com a torre vermelha e branca e a vista sobre a costa, não perdendo a oportunidade de fotografar ambas. Em 2018, foi o mais visitado do país.

 

Passadiços de Esgueira

 

 

A Ria, as árvores, os pássaros, o areal, até os dizeres aveirenses espalhados pela via. Nos Passadiços de Esgueira, são muitos os elementos que levam os visitantes a erguer sobrancelhas em espanto. Com cerca de sete quilómetros de extensão, o percurso ao longo da água – e, por vezes, sobre ela – é de uma beleza estonteante, sendo particularmente instagramável ao final do dia, quando as cores quentes do sol em jeito de despedida envolvem toda a paisagem.

 

Águeda

 

 

Não é por acaso que Águeda foi considerada, pela CNN, um dos 25 locais mais brilhantes e coloridos do mundo. Graças ao Umbrella Sky Project, surgido no âmbito do festival AgitÁgueda, hoje, a imagem mais famosa da cidade é a dos guarda-chuvas coloridos que, espalhados pela baixa, imprimem nas ruas – e em quem por elas passa – uma certa sensação de magia. É, por isso, cidade de paragem obrigatória no distrito de Aveiro para viajantes e instagrammers de todos os pontos do globo.

Partilhar
avatar
  Notificações  
Notificação de