A ordem já foi dada: este verão, “Não Lixes… a tua praia”

 

 

 

Pelo segundo ano consecutivo, o movimento cívico ambientalista “Não Lixes” lançou uma campanha com o objetivo de sensibilizar os banhistas para não deixarem lixo na praia. Nas principais entradas pedonais da praia da Barra, em Ílhavo, estão já afixados os cartazes da campanha “Não Lixes… a tua praia”.

 

A ideia passa por alertar “todos os que utilizam o areal a não deixarem lixo, nem mesmo junto de contentores se estes estiverem cheios”.

 

“Há ecopontos junto ao passadiço e caixotes de lixo indiferenciado no areal suficientes para que a praia continue limpa”, realçam os responsáveis pelo movimento. “Existem também cinzeiros de praia (junto à Bandeira Azul, no molhe sul) que podem ser utilizados pelos fumadores e colocados novamente no local depois de utilizados e despejados para poderem ser utilizados novamente”, acrescentam.

 

Segundo recorda o mentor do “Não Lixes”, Joca Paiva, “a melhor maneira de manter a praia limpa é reduzir a quantidade de produtos alimentares descartáveis, como por exemplo: em vez de garrafa de plástico levar cantil; em vez de pão em plástico, levar pão em saco de pano”.

 

A cada ano que passa, aproximadamente 10 milhões de toneladas de lixo acabam nos mares e oceanos do Planeta, com predomínio para o plástico. Um estudo divulgado em 2018 pela World Wide Fund for Nature, organização ambientalista internacional, revelava que “95 por cento dos resíduos que flutuam no Mediterrâneo são compostos por plásticos”.

 

No caso de Portugal, o estudo referia que “os microplásticos predominam nas areias das praias, representando 72 por cento do lixo” encontrado nas nossas zonas balneares.

 

 

Partilhar
avatar
  Notificações  
Notificação de
Dina Pequeno
Visitante
Dina Pequeno

Na minha opinião era multa pesada, para quem for apanhado a deixar lixo…