Vagos, Albergaria, Águeda e Sever do Vouga avançam com a Rota dos Moinhos

 

 

 

Vagos, Albergaria-a-Velha, Águeda e Sever do Vouga, juntamente com Nelas, assinaram um protocolo de cooperação que visa a constituição de uma Rota de Moinhos de Portugal. Estes cinco municípios – aos quais se poderão juntar, posteriormente, outros – pretendem resgatar e perpetuar memórias dos habitantes locais e estruturar um produto turístico, diferenciador, atrativo, inclusivo e acessível.

 

A criação desta Rota de Moinhos de Portugal deverá facilitar a visitação e experimentação de atividades ligadas ao património molinológico e ao ciclo do pão, nos cinco municípios, sustentam, em comunicado.

 

Outro dos objetivos desta cooperação será combater a sazonalidade e trazer visitantes para o interior da região/país, apresentando atividades e serviços complementares que reforcem e prolonguem a visita e a estada no território dos municípios que integrem a Rota de Moinhos de Portugal. Este fator, referem, irá potenciar o aparecimento de agentes privados na promoção do território, em diferentes áreas: restauração, alojamento, atividades culturais, ambientais e desportivas, entre outras.

 

Na redação deste protocolo pode ler-se que este “projeto deverá contribuir para as metas de sustentabilidade ambiental propostas na Estratégia Turismo até 2027, ao garantir uma energia limpa nas suas operações, adoção das boas práticas de gestão de resíduos gerados pela operação, redução da pegada ecológica”.

 

O projeto Rota dos Moinhos de Portugal sendo um dos projetos distinguidos pelo Turismo de Portugal será apoiado financeiramente através de uma candidatura ao Regime Geral dos Financiamentos do Turismo de Portugal – RegFin.

 

Partilhar
avatar
  Notificações  
Notificação de