Produtor bairradino Luís Pato está no “TOP 100 Wineries of 2019”

 

 

Luís Pato, produtor vitivinícola e marca de vinhos da Região Demarcada da Bairrada, consta na edição de 2019 da lista das 100 melhores adegas do Mundo – “TOP 100 Wineries of 2019″ – da conceituada publicação norte-americana Wine & Spirits. São apenas cinco os produtores portugueses presentes neste ranking: juntam-se a Luís Pato, três do Douro (W&J Graham’s, Quinta do Noval e Taylor Fladgate) e um da região dos Vinhos Verdes (Soalheiro).

 

A distinção atribuída pelo crítico de vinhos, diretor e proprietário da revista, Joshua Greene, é efectuada com base na qualidade e solidez das empresas vínicas que analisam. De notar que, anualmente, a Wine & Spirits prova mais de 11 mil vinhos de todo o Mundo, sendo que este ano contemplou produtores de vinhos de 15 países.

 

Para Luís Pato, “é sempre um orgulho ter um reconhecimento de uma revista cujo editor é, talvez, o melhor conhecedor americano dos vinhos portugueses não fortificados. Convém notar que foi a décima vez nesta revista, portanto trata-se de um reconhecimento do nosso passado e presente”. Segundo o empresário bairradino, este apreço “tem o peso de um longo acompanhamento do nosso percurso de modernização e inovação dos vinhos da região, tendo como foco a casta Baga”.

 

Quanto às vendas, Luís Pato é da opinião de que esta distinção irá reflectir-se nos negócios com os Estados Unidos, o maior mercado de exportação da sua empresa, bem como no país vizinho, o Canadá. Ou seja, são sempre uma porta aberta para o acréscimo no volume de negócios do outro lado do Atlântico. O mesmo se verifica quando os vinhos Luís Pato recebem a pontuação do especialista de vinhos Robert Parker ou as críticas da reconhecida jornalista de vinhos Jancis Robinson. Como resultado, a marca prospera no Norte e no Sul da América, nomeadamente no Chile, no México e no Brasil.

Partilhar
avatar
  Notificações  
Notificação de