Há dois projetos de Aveiro candidatos ao concurso Boas Práticas de Envelhecimento

 

 

 

Já são conhecidos os 11 finalistas do concurso de Boas Práticas de Envelhecimento Ativo e Saudável na Região Centro, promovido pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDR Centro). Entre os selecionados estão dois projetos de Aveiro. Os vencedores serão revelados no 7.º Congresso Envelhecimento Ativo e Saudável, que se realiza no dia 20 de novembro, em Coimbra.

 

Um dos representantes da região aveirense no concurso é o projeto “Papel do Exercício Físico no Tratamento da Hipertensão Resistente”, da Universidade de Aveiro e do Centro Hospitalar do Baixo Vouga, que está entre os finalistas na categoria Saúde+. A AEVA – Associação para a Educação e Valorização da Região de Aveiro também viu o seu projeto “Potencial Positivo” ser selecionado como finalista na categoria Vida+.

 

Referência, ainda, para a nomeação, na categoria Conhecimento+, do siosLIFE – Sistema interativo de inclusão da 3ª idade, da Hidepixel, Lda., que tem uma filial em Aveiro.

 

Este concurso tem como objetivo aumentar a divulgação e o reconhecimento de projetos e iniciativas que promovam o envelhecimento ativo e saudável na região Centro.

 

Foram admitidas a concurso 160 candidaturas, que traduzem uma grande diversidade institucional, temática e geográfica, sendo oito da categoria Conhecimento+, 43 da categoria Saúde+ e 109 da categoria Vida+. Face à edição de 2018, verificou-se um aumento de 8% no número de candidaturas admitidas a avaliação, adianta a CCDR Centro.

Partilhar
avatar
  Notificações  
Notificação de