Mário Mata, Slimmy e Herman José entre as propostas deste fim de semana

 

 

 

Esta semana começamos por lhe dar nota de uma proposta imperdível que é lançada a partir de Anadia. O Cineteatro Anadia acolhe esta sexta-feira, pelas 21h30, um grande espetáculo de música portuguesa. O cantor Mário Mata, autor de “Não há nada p’ra ninguém”, convida para este concerto José Cid, recentemente laureado, pela Academia Latina de Gravação, com o Grammy Latino de Excelência Musical. São ainda convidados Chico Martins (guitarra), o Grupo Coral Oásis e a Orquestra Desigual da Bairrada.

Os bilhetes podem ser adquiridos no Cineteatro Anadia no dia do espetáculo, a partir das 14h00. O bilhete tem o custo de 12 euros, estando reservado um desconto de 50% aos portadores dos cartões Anadia Jovem e Anadia Sénior. Os ingressos estão também disponíveis na bilheteira online – BOL (www.bol.pt), nos CTT, Fnac, Worten e noutros postos BOL.

 

Por Aveiro, também não faltam boas sugestões. Os Festivais de Outono já começam a entrar na reta final, mas ainda com muito boa música para ouvir. Este sábado (21h30), no Auditório Renato Araújo (Reitoria da Universidade de Aveiro, Diego el Gavi (voz) e Victor Zamora (piano) interpretam composições de Diego el Gavi, Paulo de Carvalho e Victor Zamora.

 

Ainda por Aveiro, Herman José atua, esta sexta-feira à noite, na Agrovouga (que está a decorrer no Parque de Feiras e Exposições). A animação está mais do que garantida a partir das 21h00.

 

O Avenida Café-Conferto vive mais um fim de semana de agenda cheia. Sexta-feira, é a vez de Slimmy subir ao palco desta sala espetáculos de Aveiro. Slimmy, recorde-se, marcou a música nacional com o álbum de 2007 “Beatsound Loverboy”, com singles a serem êxitos na rádio e um tema na banda sonora da série “CSI Miami”. Foi também nomeado para os Prémios MTV, para o Best Portuguese Act e para os Globos de Ouro. No sábado, o palco será tomado por “goldcobra”, alter-ego de Marcos Alfares e o seu projeto mais ambicioso até à data.

 

Por Estarreja, a noite de sábado é dedicada ao teatro. A peça “Ermelinda do Rio – Nocturno para voz e concertina” sobe ao palco do Cin-teatro de Estarreja, a partir das 21h30. Um testemunho dorido de quem perdeu grande parte da família na maior catástrofe natural em Portugal, desde o terramoto de 1755. As cheias do Tejo a 26 de novembro de 1967 no ribatejo e arredores de Lisboa, serviram de inspiração ao texto de João Monge.

 

Em Águeda, esta sexta-feira (22h30) há concerto do espanhol Pipo Romero no Espaço d’Orfeu. O concerto insere-se na 23ª edição do OuTonalidades.

 

As sugestões aqui ficam. A escolha, já sabe, é sua. Acima de tudo, aproveite o fim de semana da melhor forma.

 

Partilhar
avatar
  Notificações  
Notificação de