Começa este sábado o aquecimento para o Carnaval de Estarreja

 

 

 

Os ritmos e a alegria do Carnaval começam a dar o ar da sua graça em Estarreja já este sábado, dia 18 de janeiro, com a oficina “Samba no Pé” (15h00). E igualmente a pensar naqueles que não querem ficar de fora da dança – quer tenham ou não jeito para sambar -, nas tardes de 25 de janeiro e 1 de fevereiro acontecerão mais duas sessões de “Samba Fitness”.

 

Estas três iniciativas, juntamente com as visitas aos bastidores do Carnaval de Estarreja (agendadas para os dias 7, 8 e 9 de fevereiro), antecedem a grande festa, que irá estender-se de 14 a 25 de fevereiro. Uma espécie de aquecimento para os muitos momentos de folia preparados pela câmara municipal de Estarreja e a Associação do Carnaval de Estarreja. E não. Não estamos a exagerar quando falamos em “muitos”. Da Cupido’s Party às Marchas Luminosas, passando pelo Carnaval Infantil e pelos grandes corsos de dias 23 e 25 de fevereiro, são várias as propostas apresentadas pelo programa da edição deste ano.

 

O cartaz apresentado esta quinta-feira, numa sessão realizada no Cineteatro de Estarreja (ver galeria de imagens), contempla ainda alguns nomes mais conhecidos junto do grande público. É o caso de Nel Monteiro, que promete animar a noite de 19 de fevereiro, após as Marchas Luminosas. A humorisra Beatriz Gosta e o Dj Riot, que foi um dos fundadores dos Buraka Som Sistema, também já confirmaram a sua presença no Carnaval de Estarreja (a 22 de fevereiro).

 

A estes atrativos extra juntam-se os de sempre: a animação e a folia que já vão sendo uma tradição em Estarreja – a origem das manifestações carnavalescas remonta a 1897. Festejos que se apresentam cada vez mais estruturados e melhor organizados, realçou Diamantino Sabina, presidente da autarquia, lembrando a aposta que foi feita no reposicionamento e qualificação do evento.

 

Lugares sentados e estacionamento

 

 

Com a inauguração de um novo palco no Parque Municipal do Antuã, em 2018, o Carnaval de Estarreja ganhou novas condições de acolhimento de públicos, de visualização do espetáculo e de experiência para visitantes. “Temos mais de 5.000 lugares sentados e mais de 6.000 lugares em pé com plataformas elevatórias que permitem uma maior visibilidade”, enumerou a vereadora Isabel Simões Pinto.

 

Referência, ainda, para a existência de vários parques de estacionamento, servidos por transferes. Também a pensar naqueles que vêm de fora, foi mantida a parceria com a CP, garantindo bilhetes de comboio a preços especiais.

 

 

 

Partilhar
avatar
  Notificações  
Notificação de