Novos campos de futebol e um pavilhão. O Parque Desportivo de Aveiro vai crescer

 

 

 

Desde 2003, o Parque Desportivo de Aveiro, em Taboeira, resume-se ao Estádio Municipal de Aveiro, construído para ser um dos palcos do Europeu de futebol de 2004 realizado em Portugal, mas o cenário vai mudar de forma significativa ainda este ano. E é caso para dizer mesmo que “não há fome que não dê em fartura”. A zona envolvente ao Estádio Municipal de Aveiro deverá contar no último trimestre de 2020 com três campos de futebol de 11, 2 de futebol de 7 e um de futebol de 9. Para mais tarde, mas já a dar os primeiros passos, está programada a construção de um Pavilhão Municipal.

 

O investimento é feito em três frentes. A Câmara de Aveiro assumiu já a construção de dois campos de futebol de 11, 1 de futebol de 9 e um de futebol de 7, que serão entregues ao Sport Clube Beira-Mar para aí instalar a sua Academia de Futebol. Em contrapartida, a autarquia aveirense recebe o Estádio Mário Duarte que deverá ser demolido ainda antes do fim do ano para permitir a expansão do Hospital Infante D. Pedro, de Aveiro.

 

O segundo investimento é da responsabilidade da Associação de Futebol de Aveiro que garantiu junto da Câmara de Aveiro a cedência dos terrenos necessários para construir naquela área a “Aldeia do Futebol de Aveiro”.  O projeto prevê dois campos de relva sintética, um destinado ao futebol de 11 e outro ao futebol de 7, dez balneários, uma área dedicada ao futebol de praia e um pavilhão, que vão albergar os trabalhos das diversas seleções distritais.

 

A Associação de Futebol de Aveiro prevê ainda a construção naquele espaço de uma nova sede social, onde funcionará a área administrativa daquele organismo. A obra faz parte do programa “Uma associação, uma academia”,  desenvolvido pela Federação Portuguesa de Futebol, com o objetivo de dotar as associações de todo o país de centros técnicos que funcionem como pólos de desenvolvimento e melhoria da atividade de todos os agentes desportivos.

 

Autarquia anuncia pavilhão

 

Mais tarde, por iniciativa da Câmara de Aveiro, será construído o Pavilhão Municipal. Uma infra-estrutura com dimensão para quatro campos cujo concurso público internacional para a elaboração do projeto de execução foi lançado esta semana. A obra tem um custo estimado de cerca de 5 milhões de euros.

 

“O Desporto é uma área estratégica muito importante na governação da Câmara Municipal de Aveiro no presente mandato”, justifica, em nota de imprensa, a autarquia aveirense. Recorde-se que a cerca de um quilómetro de distância do Estádio Municipal de Aveiro, existem mais dois campos de futebol de 11, em relva sintética, propriedade da Associação Desportiva de Taboeira.

 

O Complexo Desportivo, que resulta de um primeiro protocolo de cooperação assinado em 2001 entre o clube e a Câmara de Aveiro, sofreu vários contratempos e só foi inaugurado em dezembro de 2016, mais de 15 anos depois da assinatura do primeiro acordo. O investimento, localizado na Quinta da Condessa, inclui também um  edifício principal constituído por balneários, sede, bar e infraestruturas de apoio.

 

 

Partilhar
avatar
  Notificações  
Notificação de