Câmara de Ílhavo produz viseiras para unidades de saúde e bombeiros

 

 

 

A câmara municipal de Ílhavo vai produzir, no Estaleiro – Estação Científica de Ílhavo, cerca de 175 viseiras de proteção, ciente da conjuntura de saúde pública que se vive atualmente e tendo igualmente a clara noção das dificuldades que os estabelecimentos e profissionais de saúde enfrentam no combate ao surto pandémico da COVID19.

 

As viseiras serão produzidas em equipamento modelar 3D com a incorporação de folhas descartáveis de vinyl transparente que fornecerão a necessária proteção ao profissional de saúde, tendo sido testadas e validadas pelo Centro Hospitalar do Baixo Vouga, que receberá, gratuitamente, 50 unidades. Para além do Centro Hospitalar do Baixo Vouga, os Centros de Saúde de Ílhavo e da Gafanha da Nazaré e a Santa Casa da Misericórdia receberão 25 viseiras por entidade, e aos Bombeiros Voluntários de Ílhavo serão distribuídas 50 unidades.

 

Concebidas com o apoio de um dos parceiros do estaleiro, a Beevery Creative, estes equipamentos permitem ao profissional de saúde proteger a sua cara de gotículas ou líquidos biológicos. No contexto da doença COVID19 são particularmente importantes para a segurança de todos os que lidam com os doentes, como os atendimentos e triagens, o transporte ou os casos de urgência nos cuidados intensivos e no bloco operatório, sendo ainda compatíveis com o uso de máscaras cirúrgicas e/ou óculos de proteção.

 

Esta é a primeira de várias ações que a Autarquia está a planear realizar no Estaleiro, equipamento municipal, recentemente inaugurado e dedicado à prática da ciência e tecnologia, como forma de contribuir para que a região de Aveiro e Portugal possam ultrapassar, da melhor forma possível, este difícil período.

Partilhar
avatar
  Notificações  
Notificação de