Milhares de pessoas assistiram à primeira edição online do MOB

 

 

Milhares de pessoas assistiram, no fim de semana, à primeira edição online do MOB – Festa da Música e dos Músicos de Oliveira do Bairro, com os espetáculos a serem transmitidos na página de facebook do Quartel das Artes, onde foram gravados.

 

Numa altura em que os concertos ao vivo são ainda uma memória do passado, os músicos e os técnicos ligados ao espetáculo têm passado por grandes dificuldades, impedidos de fazer o seu trabalho e de receber a natural recompensa financeira. O apoio a estes profissionais foi uma das mais importantes razões que levaram o município de Oliveira do Bairro a não desistir da 7.ª edição do MOB – Festa da Música e dos Músicos de Oliveira do Bairro, encontrando uma forma de o realizar, em modo online e a “solo”.

 

Tiago Matias, programador do Quartel das Artes (QA) e criador e responsável pelo MOB desde a primeira edição, faz um balaço extramente positivo: “não sendo o ideal, longe disso, este modelo permitiu-nos, ainda assim, chegar a milhares de pessoas, que assistiram aos espetáculos que foram sendo publicados na página de facebook do QA, retribuindo com um feedback muito positivo, partilhado também pelos músicos participantes, que nos deixou bastante satisfeitos e com o sentimento de termos alcançado todos os objetivos a que nos tínhamos proposto”.

 

O modelo desta edição do MOB foi, segundo Tiago Matias, “muito bem aceite pelos músicos, diria até com enorme entusiasmo, porque estavam desejosos de sair de casa, voltar ao palco e partilhar a sua arte, mesmo que sem público presente, mas sabendo que seriam vistos por muitas pessoas”.

Partilhar

Post a Comment