Bussaco ou Buçaco? Há um novo livro que explica tudo

 

 

Tanto aparece escrito com “ss” como com “ç” – Bussaco ou Buçaco -, gerando-se muitas vezes a dúvida sobre qual a forma correcta de escrita. Há um novo livro, cuja data de lançamento está marcada para o próximo dia 15, que ajuda a esclarecer a dúvida. Chama-se “Bussaco Vs Buçaco” e é da autoria de Nuno Alegre, que já tinha lançado, em 2015, “De Luso – antiguidade googalizada”.

 

Sobre a dualidade da grafia, há um aviso que o autor faz questão de, entretanto, deixar no ar. “Aparentemente seria uma dúvida fácil de tirar mas, em boa verdade, é um problema bem mais complexo, tal como terão oportunidade de perceber neste livro”, alerta.

 

“Complexa é, igualmente, a história deste pequeno local, desde que há memória escrita. Alguns retalhos dessa mesma história, são aqui colocados para memória futura dos mais jovens (e dos mais velhos), para que conheçam melhor alguns episódios menos conhecidos deste local e deixem de cair na tentação do dogma da tradição familiar, do saber de taberna ou da tirania da cegueira política”, acrescenta Nuno Alegre.

 

Esta primeira edição, terminada em época de confinamento, foi propositadamente limitada a apenas 200 exemplares. A apresentação do livro estará a cargo de Nuno Castela Canilho e a sessão de lançamento, apesar de não haver obrigação legal para o fazer assim, será feita por via digital através da Plataforma Zoom.

 

Estudo da história local

 

Nuno Alegre, nasceu à beira do Tejo, em Lisboa, em 1972. Terceira geração de uma família de hoteleiros da Vila de Luso que se iniciaram nesta atividade económica em 1931, resolveu abraçar e continuar a tradição familiar a partir de 2004.

 

A par com a direção e gestão hoteleira presta serviços de consultoria nas áreas de otimização e marketing hoteleiro, revenue management e distribuição online, e dedica-se igualmente ao estudo de outros temas que possam ser diferenciadores das ofertas e potenciadores dos resultados, como é o caso do património edificado e da história local.

Partilhar

Post a Comment