Ílhavo vai ganhar três novos corredores cicláveis

 

 

 

Ílhavo vai ganhar três novos corredores cicláveis, no âmbito do Plano de Ação para a Mobilidade Urbana Sustentável (PAMUS). Dois deles já têm a sua construção adjudicada: o PAMUS 1, irá ligar o centro de Ílhavo e a Zona Industrial da Mota; já o percurso PAMUS 2, corresponde à construção de um outro corredor entre o centro de Ílhavo e a Avenida dos Bacalhoeiros, junto do nó de acesso à Auto Estrada A25.

 

Além disso, a câmara municipal aprovou ainda a abertura de concurso público para a construção do Percurso PAMUS 11, com o valor base de 300.000 euros, com o objetivo de construir um corredor ciclável e pedonal que ligará a Zona Industrial da Mota (Gafanha da Encarnação) com a freguesia da Gafanha da Nazaré – concretamente com a zona do Complexo Desportivo e a futura ligação às praias e malha urbana.

 

Estas estruturas cicláveis municipais, devidamente enquadradas no Plano Diretor Municipal (PDM), visam a circulação de velocípedes, podendo também ser partilhadas com a circulação pedonal, especialmente nas zonas urbanas, e dão corpo ao PAMUS de Ílhavo ligando as freguesias do município.

Partilhar

3 Comments

  • António Santos (Turismo em espaço rural)
    11 de Agosto, 2020

    Têm sorte. Se lá estivesse o Ribau, em vez de ciclovias, eram parques de estacionamento subterrâneo para popós….

  • Vitorino
    16 de Novembro, 2020

    Só não compreendo o porquê das ciclovias terem todas o ponto de partida o centro de Ilhavo? porquê.

  • Vitorino
    16 de Novembro, 2020

    Já agora há uma ciclovia na periferia da Gafanha que passa no Forte da Barra que ficou interrompida na zona norte da Gafanha é pena que não tenha uma ligação a Aveiro ou a outras ciclovias do município e que passe também pelo centro da cidade da Gafanha.

Post a Comment