“Património Aquático” em exposição na Biblioteca Manuel Alegre

 

Até ao dia 26 de setembro, a Biblioteca Municipal Manuel Alegre, em Águeda, propõe três exposições numa só.

 

A iniciativa “Património Aquático” engloba a exibição de caricaturas “Humor Aquoso”, que estimula a uma reflexão sobre a importância da água e a sua escassez, uma exposição de fotografias de paisagens aquáticas do concelho da autoria do fotógrafo aguedense Mário Abreu e a mostra de esculturas “Alegorias do Rio”, uma proposta de Alfredo Silva, com peças feitas a partir de pedras dos rios e ferro reutilizado, que integra o projeto europeu C-Change através do qual a cultura assume um papel ativo na luta contra as alterações climáticas.

 

Elsa Corga, vereadora da Câmara Municipal de Águeda responsável pelo pelouro da Cultura, afirma que “estas exposições, para além da sua riqueza cultural, têm como pano de fundo os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável [prioridades e aspirações estabelecidas pelas Nações Unidas para o ano 2030] que sublinham a importância dos valores de preservação, reutilização e educação em torno do património cultural”.

 

A exposição “Património Aquático” está aberta a visitas de segunda-feira a sábado, no horário habitual da biblioteca. As visitas guiadas (para grupos até 12 pessoas) estão sujeitas a marcação obrigatória através do email bmma.educativo@cm-agueda.pt.

Partilhar

Post a Comment