Há origamis a decorar a Rua dos Mercadores para lembrar o Dia da Paz

 

 

A associação Agora Aveiro está de volta às ações de rua. Esta segunda-feira, de forma a assinalar o “Dia Internacional da Paz”, os elementos da associação promoveram uma ação que consistiu na colocação de 1.000 “tsurus” de papel, pequenos origamis, numa das ruas mais populares da cidade, a Rua dos Mercadores.

 

Esta intervenção está relacionada com a história da menina japonesa Sadako Sasaki. Tinha apenas 12 anos quando morreu devido aos efeitos de sua exposição à bomba atómica de Hiroshima. Enquanto esteve hospitalizada, ficou a conhecer a lenda dos mil “tsurus” e o desejo que poderia ver concretizado. Sadako cultivou a esperança de que os deuses lhe concederiam a cura e, então, passou a fazer os origamis. Morreu em 25 de outubro de 1955, antes de completar os mil “tsurus”.

 

Sadako acabou por ser tornar no símbolo das vítimas civis da guerra nuclear. “Uma criança, de tantas outras, vítima de uma guerra que não entendia”, lamentam os elementos da Agora Aveiro, no painel informativo que acompanha a instalação de “tsurus”.

 

 

Partilhar

2 Comments

  • Avatar
    Ana
    22 de Setembro, 2020

    Olá! Fui hoje, 22/9, terça-feira, até a rua dos Marcadores (também passei por lá ontem, talvez mais cedo) e não encontrei os “tsurus”. Foram retirados? Obrigada.

Post a Comment