Albergaria assina Declaração Europeia das Cidades Circulares

 

 

 

Albergaria-a-Velha é um dos municípios portugueses, a par das cidades de Braga, Guimarães e Melgaço, que já assinou a Declaração Europeia das Cidades Circulares. A iniciativa pretende acelerar a transição de uma economia linear para uma economia circular nas cidades europeias e conta com mais de 30 signatárias. Ao fazer parte desta ação, o município reforça o trabalho que tem vindo a desenvolver, partilhando experiências e criando oportunidades para novas sinergias que contribuam para encarar desafios.

 

No caminho rumo à circularidade em Albergaria-a-Velha, destaca-se o projeto “Desperdício Zero”, no Mercado Municipal “A Praça”, que visa contribuir para a diminuição dos impactos ambientais gerados pela atividade do equipamento, descarbonizar a logística do transporte dos produtos a vender e a comprar, reduzir o uso de embalagens descartáveis e de plástico, bem como fomentar junto dos clientes e comerciantes o conceito de uma cultura sustentável.

 

No âmbito da estratégia municipal “Menos lixo, mais Ambiente, são exemplos do trabalho feito pela autarquia albergariense nesta matéria, a recolha porta-a-porta de resíduos recicláveis nos estabelecimentos comerciais, serviços e escolas, a recuperação e valorização de pontas de cigarros, a recolha e valorização de resíduos verdes.

 

A Declaração Europeia das Cidades Circulares foi desenvolvida por um conjunto de stakeholders europeus que estão empenhados na transição para a economia circular ao nível local. Entre eles, estão o ICLEI Europe, o Banco Europeu de Investimento, o EuroCities e a Ellen MacArthur Foundation.

 

Para além de permitir que governos locais e regionais por toda a Europa afirmem o seu compromisso com a economia circular e criem condições para essa transição, a Declaração pretende criar uma rede de partilha de experiências e desafios entre as entidades signatárias, oferecendo uma visão partilhada do que se pretende com uma “cidade circular”.

Partilhar

Post a Comment