Espetáculo de comunidade abre Festa do Pão de Vale de Ílhavo

 

 

 

Celebrar a tradição do pão e preservar a sabedoria secular das padeiras de Vale de Ílhavo é a grande motivação da Festa do Pão de Vale de Ílhavo, que arranca com “MM.Mesa-Masseira”, uma apresentação pública desenvolvida com a comunidade em torno da confeção artesanal de pão, que se realiza no dia 19 de março, na Moagem Grave, em Vale de Ílhavo, e no dia 20, na Casa Gafanhoa, na Gafanha da Nazaré, às 16 horas.

 

“MM.Mesa-Masseira” é uma instalação artística, composta por um dispositivo cénico de 19 mesas-masseiras (mesas usadas para amassar pão manualmente), que serve de base para o espetáculo. A partir daí, o grupo de criadores explora as histórias entretanto recolhidas, a gastronomia, os lugares e os cantares.

 

Com a direção artística de Luíz Antunes, coadjuvado na conceção por Guilherme de Sousa e Pedro Azevedo, este projeto envolve a recolha de tradições locais e uma pesquisa do território, bem como um trabalho com grupos e associações que demonstrem interesse na partilha de crenças e saberes.

 

Criado no âmbito do projeto Aldear, este trabalho comunitário parte de uma residência artística realizada no local e que teve já início na passada semana. “Fizemos entrevistas, tenta“Tentámos ver de onde é que esta tradição surge, mas não há muita documentação. Está muito associado a esta ideia de ser uma zona com moinhos”, repara Luíz Antunes, em conversa com a Aveiro Mag. Com a tradição do pão vão-se cruzando outras, nomeadamente aquela que é protagonizada pela associação “Os Baldas”. “A tradição de tocar o corno e tocar o búzio é muito interessante e merece ser preservada”, acrescenta o criador do projeto.

 

Os bilhetes para o “MM.Mesa-Masseira” (3 euros) podem ser adquiridos na Casa da Cultura de Ílhavo e na Fábrica das Ideias da Gafanha da Nazaré.

 

A Festa do Pão de Vale de Ílhavo continua a partir de 24 de março – dia dedicado aos alunos das escolas do município de Ílhavo. No dia seguinte, 25 de março, o programa é dirigido à população sénior. Já no fim de semana, 26 e 27 de março, o evento centra-se no Jardim Henriqueta Maia, numa tenda montada para o efeito, onde haverá venda de padas, folares e broa de Vale de Ílhavo, bem como um programa de animação, que inclui música, oficinas e performances.

 

 

* Créditos da foto: João Versos Roldão

Partilhar

Post a Comment