A arte volta à Eira do Pato Ougado nos domingos de junho

 

 

 

A terceira edição do “São 7 na Eira” regressa ao restaurante Eira do Pato Ougado, em Oiã (Oliveira do Bairro) com música, artes visuais e poesia, ao longo dos quatro domingos do mês de junho.

 

Em 2022, o circuito de arte apresenta-se ao público sob o tema “Ecologia e Diversidade”. Leandra Morais, da Black Dress – Produtora Cultural, responsável pelo evento “São 7 na Eira”, assinala que “as edições anteriores foram um absoluto sucesso”. Para isso contribuiu, segundo a responsável cultural, “a aliança entre artes, a gastronomia de excelência da Eira do Pato Ougado e a categoria adjacente aos vinhos produzidos na Bairrada”. Leandra Morais admite que “este triângulo virtuoso atrai centenas de pessoas em cada edição” e que agora, em 2022, “não será diferente”. A iniciativa é abrilhantada com a paisagem natural da Pateira, a maior lagoa natural da Península Ibérica.

 

O cartaz da 3.ª edição do “São 7 na Eira” inclui nomes sonantes do panorama artístico português. No primeiro dia do evento, a 5 de junho, vai ouvir-se o vibrafonista de jazz Jeffery Davis, acompanhado pelas artes plásticas de José Giro e termina com a poesia declamada pela atriz Ni Fernandes. A 12 de junho, a música é responsabilidade do duo formado pela violetista Raquel Massadas e violoncelista Raquel Reis, enquanto a ilustração fica ao encargo de Constança Araújo Amador e a poesia será recitada por Rita Camões. A 19 de junho, a proposta musical é de José Valente, o desenho ao vivo de Inês Andias e a poesia declamada por João Tarrafa. O último dia do evento conta com a música do pianista Pedro Almeida, as artes visuais de Sunny e a poesia de Alice Neto de Sousa. Cada sessão do evento tem início marcado sempre às 18 horas.

 

Jantares irrepetíveis

 

Em cada sessão do festival, o público será brindado com um jantar concetual, único e irrepetível. As combinações gastronómicas são idealizadas pelo responsável da Eira do Pato Ougado, David Rocha, e executadas pelo chef do restaurante, João Ricardo Mourão. Todos os pratos são elaborados com recurso a ingredientes de qualidade e de proveniência local.

 

A oferta gastronómica é devidamente harmonizada com o melhor que a região vitivinícola da Bairrada tem para oferecer. Este ano, os produtores escolhidos foram José Carvalheira Wines, Adega Cooperativa de Cantanhede, Caves Primavera e Tozé Carvalho.

 

A lotação do evento é limitada aos lugares existentes e a reserva dos mesmos é obrigatória, pelo que deve ser feita através do contacto telefónico 916611008. O “São 7 na Eira” conta com os apoios da República Portuguesa – Cultura | DGARTES – Direção-Geral das Artes, Rota da Bairrada, Comissão Vitivinícola da Bairrada, associação Substrato, QUERCUS e tem como media partner a Comunidade Cultura e Arte.

Partilhar

Post a Comment