Da Ucrânia com Amor: UA recebe exposição de fotografia e crónicas de guerra

 

 

No próximo dia 15 de junho, pelas 18h00, na Biblioteca da Universidade de Aveiro (UA), será inaugurada a exposição “Da Ucrânia com Amor”, uma iniciativa do Projeto Globalização e Identidades (CLLC), no âmbito do Colóquio “A Guerra na Europa e a redefinição de uma identidade europeia”. O trabalho testemunhal de Adriano Miranda, fotojornalista e enviado especial do jornal Público à Ucrânia, lança um olhar atento e sensível sobre o conflito que atualmente assola a Europa.

 

Às imagens captadas por Adriano Miranda juntam-se as palavras, reflexões sobre a dor, medo e alienação – sobre a capacidade de resistência e esperança, também – que encontrou no olhar daqueles que mais diretamente sentem os efeitos da guerra.  Estas imagens, “as fotografias que [o autor] nunca quis fazer”, e estes textos, organizados num conjunto de dez crónicas publicadas em março passado, podem ser visitados até ao dia 15 de julho.

 

A partir do Piso 0 da Biblioteca, cada uma destas crónicas propõe-se a rasgar a harmonia de uma paisagem que espelha o céu e se estende até o horizonte. Com a imagem da Ria como pano de fundo, emergem o caos e o absurdo de uma guerra que, até há pouco tempo, numa Europa pautada por valores de democracia, liberdade e paz, se afigurava improvável. Esta dissonância entre o belo da paisagem e a barbárie da guerra deverá provocar inquietude e, sobretudo, convidar a uma reflexão sobre o momento presente.

 

Adriano Miranda é fotógrafo do jornal Público desde 1996 e, atualmente, professor de Fotografia no IPCI-Porto e na Escola Superior de Jornalismo do Porto. Tem participado em diversas exposições na Europa e na América Latina e está representado em várias coleções em Portugal e no estrangeiro. O seu trabalho tem sido reconhecido através da atribuição de múltiplos prémios, nomeadamente o Prémio na categoria de Retrato da Estação Imagem 2011, Prémio Gazeta 2017, Prémio de jornalismo da Rede Europeia Anti-pobreza 2019, 2020 e Menção Honrosa em 2021. Publica de forma assídua, assinalando-se, no último ano, as obras Emergência366, Vozes ao Alto – 100 Histórias na história do Partido Comunista Português e E no Princípio era a Água, publicada com o Alto Patrocínio da Organização das Nações Unidas.

 

Colóquio reúne vários convidados

 

O Colóquio “A Guerra na Europa e a redefinição de uma identidade europeia”, que decorrerá no 15 de junho, a partir das 16h00, no Centro de Jazz da Biblioteca da UA, conta com as intervenções de Patrícia Silva (UA), Gillian Moreira (UA), Miguel Viegas (UA), Vitaliy Venislavskyy (Universidade de Lisboa) e moderação de Rolando Santos (TVI/CNN Portugal) para uma discussão que pretende constituir-se como um momento de reflexão acerca de uma ideia de identidade europeia continuadamente (re)construída sobre os acontecimentos sociais e políticos que atravessam a Europa contemporânea.

 

O colóquio e a inauguração da exposição, a qual pode também ser visitada em formato virtual, serão transmitidos em direto no canal de YouTube da UA.

 

 

* Créditos da foto: Adriano Miranda 

Partilhar

Post a Comment