Palheta 2023 traz dois espetáculos de aclamada companhia espanhola

 

 

 

A sexta edição do Palheta – Robertos e Marionetas, que se realiza de 3 a 5 de março no município de Ílhavo, contemplará dois espetáculos de uma das mais aclamadas companhias de teatro espanholas, a Nao d’amores. Um deles, “Retablillo de don Cristóbal” (3 março, na Fábrica das Ideias da Gafanha da Nazaré), de Frederico Garcia Lorca, é uma estreia em Portugal e o outro, “Misterio del Cristo de los Gascones” (5 de março, na Casa da Cultura de Ílhavo), é um dos espetáculos mais emblemáticos e premiados da companhia, com oito músicos em palco e uma figura de Jesus manipulada por um grupo de marionetistas.

 

Música e teatro vão estar, repetidamente, em simultâneo, em palco, na edição 2023 do Palheta. Numa nova versão de “Arabesco” (4 de março, na Fábrica das Ideias), criada para o festival, a Red Cloud reedita o espetáculo que aborda o universo de Edgar Allan Poe, e combina atores e marionetas com músicos locais, retomando o espírito da Milha – Festa da Música e dos Músicos de Ílhavo.

 

O Palheta 2023, evento promovido pelo 23 Milhas, projeto cultural do município de Ílhavo traz, por um lado, espetáculos com tradição e, por outro lado, performances inovadoras, algumas de grande escala, como é o caso de “Transportadores” (na foto), da Radar 360, que já nos habituou a grandes performances de rua, como “O Baile dos Candeeiros” e “Grande CircOOnferência”. Os nómadas contemporâneos de “Transportadores” deambulam pelo Jardim 31 de Agosto, junto à Fábrica das Ideias da Gafanha da Nazaré, nas noites de 3 e 4 de março.

 

Uma vez mais, o Palheta não deixa cair a referência ao trabalho e ao espólio do bonecreiro local, Armando Ferraz, materializada numa exposição, que será reativada e inaugurada no dia 3 de março, na Fábrica das Ideias.

 

Na tarde de sábado, o Teatro de Marionetas do Porto traz “Nunca”, uma peça inspirada na história de Peter Pan, para o público infantil.

 

Os Robertos, presença obrigatória no Palheta, com os já nossos conhecidos Rosa e Roberto, vão ter a “barraca” montada em todas as tardes do festival – nos dias 3 e 4, pela Teatro e Marionetas de Mandrágora, no Convés da Fábrica das Ideias; e no dia 5 pela Red Cloud, no Planteia, na praça da Casa da Cultura de Ílhavo. Neste contexto, a Teatro e Marionetas de Mandrágora apresenta, a 3 de março, o livro “A Arte da Marioneta”, seguindo-se uma conversa.

 

Na manhã de sábado, há oficinas para famílias, onde se aprende a construir uma marioneta de luva. Também nesta edição do Palheta retoma-se o trabalho desenvolvido, em oficina, com os alunos de artes da Escola Secundária da Gafanha da Nazaré.

 

O festival está marcado para os dias 3, 4 e 5 de março, mas, no fim de semana anterior as marionetas já começam a mexer. Recuperando o carácter ambulante dos robertos, o Palheta vai ao encontro do público, com animação de rua na Praia da Barra e na Costa Nova.

 

Os espetáculos de robertos e a participação nas oficinas é gratuita; os bilhetes para os espetáculos de auditório ou na sala de ensaios (4 e 3 euros, respetivamente) estarão disponíveis na Bilheteira Online (ilhavo.bol.pt) e em balcão na Fábrica das Ideias da Gafanha da Nazaré e na Casa da Cultura de Ílhavo.

 

 

* Créditos da foto de capa: Teresa Couto

Partilhar

Post a Comment