Oliveira do Bairro dedica o mês de outubro aos mais velhos

 

 

 

A Câmara Municipal de Oliveira do Bairro vai celebrar e homenagear a sua população idosa durante todo o mês de outubro, com um programa repleto de atividades lúdicas, culturais e desportivas.

 

De acordo com Lília Ana Águas, Vereadora da Idade Maior, a iniciativa ‘65 Horas em Festa’ tem como objetivos, “proporcionar bons momentos e, consequentemente, boas memórias aos munícipes com idade igual ou superior a 65 anos, tendo em conta o contributo que prestaram e continuam a oferecer em prol do crescimento e do desenvolvimento da comunidade e do concelho”.

 

A escolha do mês de outubro prende-se com duas datas que celebram a população idosa, nomeadamente o Dia Internacional do Idoso (1 de outubro) e o Dia Mundial da Terceira Idade (28 de outubro). Ao longo deste mês, as visitas à Radiolândia – Museu do Rádio, em Bustos, e ao Museu de Etnomúsica da Bairrada, localizado no Troviscal, que integram a Rede de Museus de Oliveira do Bairro, são gratuitas para a população com mais de 65 anos, sendo ou não residente no concelho. Estes dois equipamentos museológicos vão também promover atividades específicas para este público.

 

Do programa constam outras atividades culturais, entre as quais “Cinema no Quartel das Artes”, todas as terças-feiras às 15h00, o lançamento do livro “A Salto: coragem de fugir ao absurdo”, de Álvaro Góis, no dia 14 às 15h30, na Biblioteca Municipal de Oliveira do Bairro, e tertúlias culturais nos polos de leitura do concelho.

 

Para além da cultura, também a atividade física e desportiva marcará presença no “65 Horas em Festa”, destacando-se o “Torneio de Padel +65”, aulas de hidroginástica, uma manhã desportiva com jogos tradicionais e de tabuleiro e a celebração do “Dia Mundial da Coluna” com a consciencialização e treino do fortalecimento muscular, prevenção de quedas e trabalho de equilíbrio.

 

O ponto alto do programa será realizado no dia 11 de outubro, com o habitual almoço-convívio com animação musical “65 em Festa”, que juntará cerca de 1.000 idosos, das quatro freguesias do concelho. A celebração vai decorrer uma vez mais no Espaço Inovação, na zona industrial de Vila Verde.

 

De destacar ainda a realização do ‘Congresso Envelhecer nos Eixos – 2ª edição: Tempo, Trabalho e Felicidade’, organizado pela autarquia de Oliveira do Bairro em parceria com a Associação Nacional de Gerontologia Social e com a Unidade de Cuidados na Comunidade Cubo Mágico da Saúde, que vai decorrer no dia 27 de outubro, no Quartel das Artes Dr. Alípio Sol.

 

As atividades são todas gratuitas, sendo sujeitas a inscrição através do contacto 234 732 146, ou presencialmente no Serviço de Ação Social e Idade Maior da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro.

 

A iniciativa ‘65 Horas em Festa’ integra-se na estratégia que a Câmara Municipal de Oliveira do Bairro delineou para “colocar o seu foco numa faixa da população tão importante e que cada vez mais precisa da nossa atenção e do nosso trabalho, no sentido de proporcionar a estas pessoas uma vida com a qualidade e a dignidade que bem merecem”, explicou Lília Ana Águas.

 

Foi com esse pressuposto que a Câmara Municipal de Oliveira do Bairro criou, em 2018, o pelouro da Idade Maior, com os objetivos de prevenir e dar resposta a situações suscetíveis de afetar a segurança, saúde ou bem-estar das pessoas idosas, informar e sensibilizar a comunidade sobre os direitos desta população, combater a sua exclusão social e, finalmente, desconstruir a imagem negativa e o preconceito associado ao processo de envelhecimento, através de uma intervenção mais estruturada e dinâmica.

 

Pelo seu trabalho nesta área, nomeadamente pela reiterada intervenção junto das populações mais vulneráveis e pelo contínuo apoio aos mais necessitados, às famílias e às instituições, o Município de Oliveira do Bairro foi galardoado em 2022 com a Bandeira de Mérito Social da Associação Nacional de Gerontologia Social (ANGES).

 

Partilhar

Post a Comment