AveiroMag AveiroMag

Magazine online generalista e de âmbito regional. A Aveiro Mag aposta em conteúdos relacionados com factos e figuras de Aveiro. Feita por, e para, aveirenses, esta é uma revista que está sempre atenta ao pulsar da região!

Aveiro Mag®

Faça parte deste projeto e anuncie aqui!

Pretendemos associar-nos a marcas que se revejam na nossa ambição e pretendam ser melhores, assim como nós. Anuncie connosco.

Como anunciar

Aveiro Mag®

Avenida Dr. Lourenço Peixinho, n.º 49, 1.º Direito, Fracção J.

3800-164 Aveiro

geral@aveiromag.pt
Aveiromag

Sexta e sábado são noites de “Insónia”, no Teatro Aveirense

Palcos

É quase uma estreia. O espetáculo ainda só foi apresentado duas vezes, em Bragança e Viana do Castelo, e poucos são aqueles que podem já falar na primeira pessoa sobre “Insónia”, de Olga Roriz. E, verdade seja dita, se a vida tivesse seguido o seu curso normal – sem o segundo confinamento e a consecutiva antecipação das obras do Teatro Aveirense -, esta nova produção até teria estreado, efetivamente, na principal sala de espetáculos de Aveiro . Sobe ao palco nas noites desta sexta-feira e sábado, pelas 21h30.

Inspirado n “A casa das belas adormecidas”, romance de Yasunary Kawabata, “Insónia” é “um espetáculo onírico, muito bonito, com uma relação intérprete-espetador muito específica”, desvendou Olga Roriz, em conversa com a Aveiro Mag. À semelhança do que costuma fazer nas suas produções, a coreógrafa lançou “a ideia” para os seus bailarinos, que neste caso era o livro do Nobel da Literatura. “E a partir d’A casa das belas adormecidas eu parti para o erótico. Lemos muita coisa sobre o erotismo, falámos muito sobre erotismo e ouvimos muito sobre erotismo, e partimos para quatro meses de criação. E o que acaba por chegar agora ao público é o resultado desse trabalho de criação com os bailarinos”, revela.

Quer isto dizer que, o que é apresentado em palco “não é A casa das belas adormecidas, nem um espetáculo sobre erotismo. Existe erotismo, claro que existe, mas há outras coisas que o público vai perceber e que têm que ver com um processo de quatro meses de trabalho”, faz questão de evidenciar Olga Roriz. Do público, a coreógrafa apenas espera que “possa colocar-se no lugar do criador e imaginar para além daquilo que está a ver”. “Isso, para mim, é o mais importante. Fazer com que o público fuja da sua rotina, crie imagens e voe connosco”, desafia.

Com uma longa carreira na área da dança, Olga Roriz tem vindo a ser distinguida com relevantes prémios nacionais e estrangeiros. Entre eles destacam-se o 1º Prémio do Concurso de Dança de Osaka, Japão (1988), Prémio da melhor coreografia da Revista Londrina Time-Out (1993), Prémio Almada (2004), e a condecoração com a insígnia da Ordem do Infante D. Henrique – Grande Oficial pelo Presidente da República (2004). Em 2017, foi-lhe atribuído, pela Universidade de Aveiro, o Doutoramento Honoris Causa por distinção nas Artes.

Neste momento, a coreógrafa está já a começar a trabalhar em duas criações, uma delas para apresentar no Museu do Louvre, em Paris. “É uma proposta muito especial, para apresentar em fevereiro”, desvenda.

Para já, vai-nos apresentando “Insónia”, que resulta de uma coprodução com o Centro Cultural de Belém, o Município de Aveiro/Teatro Aveirense e o Município de Viana do Castelo. Tem banda sonora escolhida por Olga Roriz e João Rapozo, congregando música de Handel, Bach, Eleni Karaindrou e Peteris Vasks, com Brian Eno, Gloria Gaynor e João Hasselberg, entre outros compositores. A cenografia e figurinos são de Olga Roriz e Ana Vaz, o desenho de luz, de Cristina Piedade e, a edição de som, de João Rapozo. Os bilhetes para o espetáculo custam 7,5 euros.

Festa Publicidade

Apelo a contribuição dos leitores

O artigo que está a ler resulta de um trabalho desenvolvido pela redação da Aveiro Mag. Se puder, contribua para esta aposta no jornalismo regional (a Aveiro Mag mantém os seus conteúdos abertos a todos os leitores). A partir de 1 euro pode fazer toda a diferença.

IBAN: PT50 0033 0000 4555 2395 4290 5

MB Way: 913 851 503

Deixa um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Todos os campos são de preenchimento obrigatório.