AveiroMag AveiroMag

Magazine online generalista e de âmbito regional. A Aveiro Mag aposta em conteúdos relacionados com factos e figuras de Aveiro. Feita por, e para, aveirenses, esta é uma revista que está sempre atenta ao pulsar da região!

Aveiro Mag®

Faça parte deste projeto e anuncie aqui!

Pretendemos associar-nos a marcas que se revejam na nossa ambição e pretendam ser melhores, assim como nós. Anuncie connosco.

Como anunciar

Aveiro Mag®

Avenida Dr. Lourenço Peixinho, n.º 49, 1.º Direito, Fracção J.

3800-164 Aveiro

geral@aveiromag.pt
Aveiromag

Mais de 100 concertos num só ano. O Avenida chegou e venceu

Palcos

Há um ano, precisamente por esta altura, Patrícia Surrador e Hugo Pereira viviam dias de ansiedade. E de muita azáfama. Não tinham mãos a medir para terem tudo pronto a tempo e horas. A aventura era grande, muitos não acreditavam que fosse possível, mas os números falam por si. O Avenida Café-Concerto chegou e venceu, para alegria da Patrícia e do Hugo, mas também dos aveirenses que ganharam um novo espaço cultural. E logo um repleto de história.

As velas irão ser apagadas a 24 agosto – extatamente no dia em que se completa um ano da abertura de portas –, numa festa rija (e gratuita), que contará com as atuações de JP Simões e Tomás Wallenstein. “E com bolo e espumante, claro está”, garante a dupla que, há um ano, decidiu recuperar um espaço que fazia parte da história da cidade de Aveiro - foi ali que, em Abril de 1973, decorreu o III Congresso da Oposição Democrática.

Nesta nova fase da sua vida, o Avenida Café-Concerto tem vindo a dar palco à cultura tanto na sala de café-concerto como no auditório. “Num ano, acolhemos 115 concertos, 11 sessões de cinema, quatro performances de dança, seis exposições e sete peças de teatro”, contabilizam Patrícia Surrador e Hugo Pereira. Não é assim de estranhar o anúncio de que o espaço fechará, para férias, de 25 a 29 de agosto – ou seja, logo a seguir à festa de aniversário.

Uma pequena pausa que servirá, essencialmente, para os responsáveis pelo espaço ganharem ainda mais fôlego para prosseguir com este ritmo de crescimento. “Vamos ter uma grande programação até ao final do ano”, asseguram.

O ponto alto deste primeiro ano de Avenida Café-Concerto? “Tirar o pó e abrir as portas”, declara Hugo, em tom de brincadeira. “O momento mais especial, para mim, foi o dia em que abrimos o auditório. Afinal de contas, era a parte mais emblemática e a razão de ser disto tudo”, especifica.Patrícia, por seu turno, recorda com especial carinho o dia do concerto de Samuel Úria. E tem razões para isso. “Foi no dia do meu aniversário”, lembra.

Festa Publicidade

Apelo a contribuição dos leitores

O artigo que está a ler resulta de um trabalho desenvolvido pela redação da Aveiro Mag. Se puder, contribua para esta aposta no jornalismo regional (a Aveiro Mag mantém os seus conteúdos abertos a todos os leitores). A partir de 1 euro pode fazer toda a diferença.

IBAN: PT50 0033 0000 4555 2395 4290 5

MB Way: 913 851 503

Deixa um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Todos os campos são de preenchimento obrigatório.