AveiroMag AveiroMag

Magazine online generalista e de âmbito regional. A Aveiro Mag aposta em conteúdos relacionados com factos e figuras de Aveiro. Feita por, e para, aveirenses, esta é uma revista que está sempre atenta ao pulsar da região!

Aveiro Mag®

Faça parte deste projeto e anuncie aqui!

Pretendemos associar-nos a marcas que se revejam na nossa ambição e pretendam ser melhores, assim como nós. Anuncie connosco.

Como anunciar

Aveiro Mag®

Avenida Dr. Lourenço Peixinho, n.º 49, 1.º Direito, Fracção J.

3800-164 Aveiro

geral@aveiromag.pt
Aveiromag

O Centro Infantil de Ílhavo ganhou 71 novas árvores e a Bioliving deu uma ajuda

Sociedade

Se há coisa que não falta à pequenada é curiosidade e um jeito natural para mexer na terra. Que o digam as crianças que frequentam o pré-escolar do Centro Infantil de Ílhavo, localizado no Bairro dos Pescadores, e que passaram a tarde da última quinta-feira, 30 de março, a dar nova vida a um terreno que esteve, durante anos, abandonado. Com a ajuda da associação BioLiving, assim como das educadoras, plantaram 71 novas árvores e ainda arranjaram tempo para fazer a "dança da chuva" - as espécies precisam de água.

No terreno outrora abandonado - e ocupado por vegetação e restos de troncos de árvores -, vão agora ganhando raízes dezenas de pinheiros-mansos, medronheiros, cerejeiras, folhados, murtas e carvalhos-alvarinhos. "São mais adequadas ao clima desta região e também são espécies mais resilientes perante períodos de seca e calor", justificou Daniel Santos, um dos elementos da BioLiving que esteve a comandar a "tropa" que se apresentou ao serviço equipada com galochas, bibes e chapéus.

Além de terem tido a oportunidade de plantar dezenas de árvores e arbustos com as suas próprias mãos, as crianças que frequentam o estabelecimento pertencente à Santa Casa da Misericórdia de Ílhavo puderam, ainda, aprender um pouco mais sobre cada uma das espécies que estiveram a plantar e sobre biodiversidade em geral.

"Esta actividade é muito importante. Somos uma eco escola e temos o compromisso de incutir nos mais novos a necessidade de se preservar a floresta e o ambiente", destacou, por seu turno, Conceição Ré, diretora do estabelecimento de ensino.

A iniciativa, à qual se juntou também a Câmara Municipal de Ílhavo, através da sua Divisão de Ambiente, surgiu na sequência de um desafio lançado pela educadora Alice Sardo, que já tinha tido contacto com as ações de reflorestação da associação BioLiving. A ideia mereceu total acolhimento por parte dos responsáveis da misericórdia, que não tardaram a encetar esforços, humanos e financeiros, "para limpar e preparar o terreno", explicou a provedora, Margarida São Marcos, que fez questão de participar na plantação das árvores.

Festa Publicidade

Apelo a contribuição dos leitores

O artigo que está a ler resulta de um trabalho desenvolvido pela redação da Aveiro Mag. Se puder, contribua para esta aposta no jornalismo regional (a Aveiro Mag mantém os seus conteúdos abertos a todos os leitores). A partir de 1 euro pode fazer toda a diferença.

IBAN: PT50 0033 0000 4555 2395 4290 5

MB Way: 913 851 503

Deixa um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Todos os campos são de preenchimento obrigatório.