AveiroMag AveiroMag

Magazine online generalista e de âmbito regional. A Aveiro Mag aposta em conteúdos relacionados com factos e figuras de Aveiro. Feita por, e para, aveirenses, esta é uma revista que está sempre atenta ao pulsar da região!

Aveiro Mag®

Faça parte deste projeto e anuncie aqui!

Pretendemos associar-nos a marcas que se revejam na nossa ambição e pretendam ser melhores, assim como nós. Anuncie connosco.

Como anunciar

Aveiro Mag®

Avenida Dr. Lourenço Peixinho, n.º 49, 1.º Direito, Fracção J.

3800-164 Aveiro

geral@aveiromag.pt
Aveiromag

Restaurante Ryoko: quem disse que a cozinha japonesa é toda igual?

Gastronomia

Já tínhamos ouvido falar dele, por conta de uma crónica do nosso colaborador Tiago Castro, mas agora a proposta passava por ir testar a abertura do espaço para almoços e jantares. Falamos do restaurante japonês Ryoko, localizado na Rua Sr. Dos Aflitos (nº 4A), em Aveiro, e que apesar da sua curta existência – abriu há cerca de três meses – está já a dar que falar. No início, funcionou apenas com take away, entrega ao domicílio e uma mesa para jantares de grupo privados. No dia 24 de outubro, passou a contar com serviço de almoços e jantares, a partir do seu balcão estilo izakaya japonês e das mesas disponíveis na sala.

À frente deste novo espaço estão Eva Hipólito, de 26 anos, e Luís Dinis, de 29 anos. Aproveitando a longa experiência que ela tem na área da cozinha – tem licenciatura e mestrado na área e teve a oportunidade de trabalhar em restaurantes de topo, entre os quais o Kanazawa, em Lisboa, detentor de uma estrela Michelin -, abriram um pequeno negócio, a partir de casa, de confeção e entrega de comida japonesa ao domicílio. A procura foi sendo cada vez maior e a cozinha do T1 em que vivem começou a ser pequena demais para dar resposta às encomendas. Surgia, assim, o Ryoko, restaurante que tem no ramen – sopa de origem japonesa - a sua grande especialidade.

Dito isto, a nossa escolha nem podia ser outra. Ramen de frango para prato principal e takoyaki de camarão para entrada – ao almoço, de terça a sexta, o Ryoko tem disponível um menu, por 15 euros, com bebida incluída (há sempre uma opção de ramen e outra de bent?, que é um tipo de marmita japonesa). “Usam-se os paus para comer os noodles e o frango e, no final, bebe-se o caldo”, explica-nos Luís Dinis, depois de perceber que era a nossa estreia no maravilhoso mundo do ramen.

O prato caiu especialmente bem naquele dia chuvoso e conseguiu aguçar a vontade de experimentar as outras iguarias da casa, nomeadamente a sopa de miso com alga wakame e cogumelos, os baos de cachaço de porco ou vegetais, as gyozas de cogumelos ou pato, o nigiri de atum ou as katsu sando (sandes japonesas). Tudo isto de produção própria e caseira, garante-nos Luís Dinis. “Os noodles são caseiros, os baos também, e o caldo fica a cozinhar várias horas para tirar o máximo proveito das carnes, dos ossos e dos legumes”, conta o jovem que trocou a área dos Recursos Humanos pela restauração.

O Ryoko está aberto de terça a sábado, das 12h00 às 14h30 e das 19h00 às 22h30, e continua a garantir o serviço de take away, assim como os jantares de grupo privados. A cada dois meses, faz uma viagem gastronómica por um destino asiático diferente. Quando por lá passamos, havia propostas com cheiro e sabor da Tailândia. Em breve, haverá nova viagem. Até lá, continuam garantidos os sabores que já são a prata da casa.

Festa Publicidade

Apelo a contribuição dos leitores

O artigo que está a ler resulta de um trabalho desenvolvido pela redação da Aveiro Mag. Se puder, contribua para esta aposta no jornalismo regional (a Aveiro Mag mantém os seus conteúdos abertos a todos os leitores). A partir de 1 euro pode fazer toda a diferença.

IBAN: PT50 0033 0000 4555 2395 4290 5

MB Way: 913 851 503

Deixa um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Todos os campos são de preenchimento obrigatório.