AveiroMag AveiroMag

Magazine online generalista e de âmbito regional. A Aveiro Mag aposta em conteúdos relacionados com factos e figuras de Aveiro. Feita por, e para, aveirenses, esta é uma revista que está sempre atenta ao pulsar da região!

Aveiro Mag®

Faça parte deste projeto e anuncie aqui!

Pretendemos associar-nos a marcas que se revejam na nossa ambição e pretendam ser melhores, assim como nós. Anuncie connosco.

Como anunciar

Aveiro Mag®

Avenida Dr. Lourenço Peixinho, n.º 49, 1.º Direito, Fracção J.

3800-164 Aveiro

geral@aveiromag.pt
Aveiromag

Investigadoras da UA ganham prémio norte-americano para a sustentabilidade

Inovação

Um artigo assinado por 12 investigadores, onde se incluem Sara Moreno Pires e Mariana Nicolau, da Universidade de Aveiro, foi reconhecido com o prestigiado Prémio de Sustentabilidade da AASHE - Associação Norte-Americana para o Avanço da Sustentabilidade no Ensino Superior (Association for the Advancement of Sustainability in Higher Education.

A investigação, conduzida no âmbito do projeto EUSTEPs - Enhancing Universities’ Sustainability Teaching and Practices through Ecological Footprint - financiado pelo programa da União Europeia ERASMUS+, foi considerada a grande vencedora internacional na categoria “Campus Sustainability Research Award”. Sara Moreno Pires (primeira autora) e Mariana Nicolau são investigadoras do Departamento de Ciências Sociais, Políticas e do Território da UA.

Paulo Jorge Ferreira comentou a atribuição desta distinção, destacando a relevância para a instituição do trabalho nesta área. “A sustentabilidade é um objetivo estratégico estruturante da Universidade de Aveiro e a Calculadora da Pegada Ecológica desenvolvida pelo projeto EUSTEPs desempenha um papel central nesse contexto. A atribuição deste prémio vem confirmar a qualidade do trabalho desenvolvido e mostrar que estamos a construir o futuro da Universidade com base em instrumentos científicos sólidos”, disse o reitor da UA, dando os parabéns à equipa pela distinção.

A AASHE atribui os seus prestigiados prémios às instituições e indivíduos que contribuem para impulsionar o ensino superior rumo a um futuro sustentável. Este ano, a associação norte-americana recebeu mais de 300 candidaturas, resultando em 10 vencedores anunciados entre cinco categorias. As candidaturas foram avaliadas com base no impacto global, na inovação, no envolvimento das entidades intervenientes, na objetividade e em outros critérios específicos de cada categoria.

Georgios Malandrakis, professor de Educação Ambiental na Universidade Aristóteles de Salónica e coordenador do projeto EUSTEPs, reconhece o privilégio de trabalhar com uma equipa dedicada e inspiradora. "É um grande prazer receber o prémio AASHE. Este projeto financiado pela UE reuniu 16 investigadores de 4 países que inicialmente eram praticamente desconhecidos entre si. Através da nossa colaboração na investigação, tornámo-nos amigos, desenvolvemos este módulo educativo de sucesso e conseguimos envolver e educar mais de 7000 estudantes universitários de quase 60 países", explica Malandrakis.

Os êxitos do projeto EUSTEPs são o culminar de três anos de trabalho de parceiros apaixonados pelo projeto. "O que mais me impressiona é a riqueza de informação capturada nos vários instrumentos interativos e nas ferramentas que criámos para capacitar estudantes, professores e pessoal administrativo das Instituições de Ensino Superior. É gratificante que, nos resultados da nossa investigação sobre o módulo EUSTEPs, os alunos tenham considerado que a Calculadora da Pegada Ecológica individual da Global Footprint Network como o material didático mais relevante para compreender melhor como as suas atividades quotidianas se enquadram no panorama geral da sustentabilidade", reflete o diretor da Região Mediterrânica da Global Footprint Network e investigador premiado pelo EUSTEPs, Alessandro Galli.

Festa Publicidade

 

Um módulo interativo de ensino da sustentabilidade

Sara Moreno Pires refere que este primeiro artigo científico do projeto EUSTEPs analisa a experiência de um ano de trabalho interdisciplinar a criar e testar um módulo interativo de ensino da sustentabilidade para estudantes do ensino superior, com todos os desafios inerentes ao surgimento da pandemia de COVID-19 nessa altura. Os materiais produzidos estão agora disponíveis de forma aberta e gratuita, em quatro línguas, para todos os que estejam interessados em fazer uso deles. 

Também a diretora executiva da AASHE, Meghan Fay Zahniser, comentou a distinção: "Os vencedores do Prémio de Sustentabilidade AASHE 2023 são um exemplo de compromisso inabalável com o avanço da sustentabilidade dentro das suas instituições académicas. Estão a estabelecer novos padrões e a remodelar o panorama da sustentabilidade no ensino superior".

A AASHE realizou uma cerimónia virtual de entrega de prémios no dia 7 de dezembro para reconhecer e celebrar os 10 premiados. Os vencedores do prémio recebem reconhecimento em vários formatos, incluindo uma placa da Rivanna Natural Designs, uma empresa B Corp liderada por uma mulher com um forte compromisso com a sustentabilidade. Até à data, 135 Instituições de Ensino Superior e indivíduos foram reconhecidos através deste prestigiado programa de prémios desde a sua criação em 2006.

Deixa um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Todos os campos são de preenchimento obrigatório.