AveiroMag AveiroMag

Magazine online generalista e de âmbito regional. A Aveiro Mag aposta em conteúdos relacionados com factos e figuras de Aveiro. Feita por, e para, aveirenses, esta é uma revista que está sempre atenta ao pulsar da região!

Aveiro Mag®

Faça parte deste projeto e anuncie aqui!

Pretendemos associar-nos a marcas que se revejam na nossa ambição e pretendam ser melhores, assim como nós. Anuncie connosco.

Como anunciar

Aveiro Mag®

Avenida Dr. Lourenço Peixinho, n.º 49, 1.º Direito, Fracção J.

3800-164 Aveiro

geral@aveiromag.pt
Aveiromag

Viagem a “um mundo onde cabem vários mundos” com as marionetas de Rui Queiroz de Matos

Artes

“Volta ao Mundo em 40 Minutos” tem estreia marcada para o próximo dia 2 de março (sábado), às 17h00, na sala de ensaios da Fábrica das Ideias da Gafanha da Nazaré.

Realiza-se, este fim de semana, na Gafanha da Nazaré, a 7.ª edição do Palheta, festival de Robertos e Marionetas. Numa edição em que se celebra “a inquietação e o espanto da viagem”, nada melhor do que partir à boleia dos irmãos Vicente e João numa “Volta ao Mundo em 40 Minutos” pelos icónicos cenários que fazem parte do imaginário do escritor francês Júlio Verne, também ele, um viajante.

“Tudo neste espetáculo é inspirado na minha vida e a obra literária de Júlio Verne faz parte do meu imaginário”, avança Rui Queiroz de Matos, em entrevista à Aveiro Mag, depois do último ensaio (aberto à imprensa) antes da grande estreia. “Era uma das minhas obsessões saudáveis quando era miúdo. Adorava ‘A Volta ao Mundo em 80 Dias’, ‘A Viagem à Lua’ ou [a ‘Viagem] ao centro da Terra’, ‘As 20 mil Léguas Submarinas’ e ‘A Ilha Misteriosa’. Todos esses cenários imaginários são a inspiração para os mundos deste espetáculo”, confirma o encenador.

Ora, tal como os livros de Júlio Verne, que desafiavam os limites impostos pelo saber científico e tecnológico do século XIX, também nesta história Vicente, o irmão mais novo, supera as fronteiras do real para tentar provar a João, o irmão mais velho, que os mundos para onde escapam quando querem fugir às tristezas, aos problemas ou, simplesmente, aos momentos mais aborrecidos, existem mesmo. A viagem – umas vezes, de balão, outras, de foguetão, e até de submarino – leva-o por territórios de sonho e fantasia onde há dinossauros cor-de-rosa, ratos alienígenas com problemas de memórias, um polvo gigante com jeito para a fotografia e um robô com o sonho de se tornar cantor.

Pensado especialmente para o público mais jovem, neste espetáculo há marionetas de vários tamanhos – cada uma, manipulada à sua maneira – e vários engenhos tecnológicos capazes de truques e ilusões de captar a atenção. “Desvalorizamos muito o que podemos fazer com esta técnica, com estas fórmulas. Enquanto, por exemplo, no cinema, recorremos a efeitos especiais e truques de câmara para colocar um humano a voar, no teatro, a marioneta faz aquilo que nós não podemos”. “O leque de potencialidades de criação é enorme”, sublinha o artista.

“Volta ao Mundo em 40 Minutos” tem estreia marcada para o próximo dia 2 de março (sábado), às 17h00, na sala de ensaios da Fábrica das Ideias da Gafanha da Nazaré. No dia seguinte, domingo, haverá nova sessão no mesmo espaço, desta vez, às 10h30.

Este espetáculo é uma coprodução do encenador e marionetista Rui Queiroz de Matos e do 23 Milhas. A cenografia, sonoplastia e conceção das marionetas estiveram a cargo de Pedro Ramos.

Campus Jazz Publicidade

Apelo a contribuição dos leitores

O artigo que está a ler resulta de um trabalho desenvolvido pela redação da Aveiro Mag. Se puder, contribua para esta aposta no jornalismo regional (a Aveiro Mag mantém os seus conteúdos abertos a todos os leitores). A partir de 1 euro pode fazer toda a diferença.

IBAN: PT50 0033 0000 4555 2395 4290 5

MB Way: 913 851 503

Deixa um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Todos os campos são de preenchimento obrigatório.