AveiroMag AveiroMag

Magazine online generalista e de âmbito regional. A Aveiro Mag aposta em conteúdos relacionados com factos e figuras de Aveiro. Feita por, e para, aveirenses, esta é uma revista que está sempre atenta ao pulsar da região!

Aveiro Mag®

Faça parte deste projeto e anuncie aqui!

Pretendemos associar-nos a marcas que se revejam na nossa ambição e pretendam ser melhores, assim como nós. Anuncie connosco.

Como anunciar

Aveiro Mag®

Avenida Dr. Lourenço Peixinho, n.º 49, 1.º Direito, Fracção J.

3800-164 Aveiro

geral@aveiromag.pt
Aveiromag

Sugestões de leitura: Filmes para pensar

Literatura

Não têm faltado propostas culturais em tempo confinamento: concertos online, exposições online, leituras online, além das séries e do cinema na televisão. O livro de hoje ajuda a olhar com outros olhos para algumas das mais conhecidas obras da sétima arte.

Juan Antonio Rivera, em “O que Sócrates diria a Woody Allen” (ed. Tenacitas), não fala apenas de Sócrates, o pensador, nem de Woody Allen, o realizador. Sócrates e Woody Allen são, por assim dizer, respetivamente, símbolos da filosofia/reflexão e do cinema. O livro é, nas palavras do próprio autor, que com esta obra ganhou o Prémio Espasa Ensayo 2005, “uma introdução ao cinema para filósofos”. E um convite à reflexão para cinéfilos – acrescento eu.

Claro que ele sabe que a mensagem filosófica dos filmes é quase sempre involuntária. Ou, pelo menos, não é o objetivo primeiro de quem faz filmes. Mas ela está lá porque os filmes abordam as matérias “incontornáveis e perenes da filosofia”: o amor, a morte, a felicidade, a racionalidade, a maldade, o acaso, a liberdade, o sentido da vida, o valor das ideias e das crenças, o poder, o conhecimento das coisas e das pessoas…

E que filmes são analisados nos 18 capítulos deste livro de mais de 300 páginas? São 25, mas estes dez dão para perceber que o autor refletiu sobre grandes clássicos e outros mais recentes: “Blade Runner”, “Casablanca”, “Citizen Kane”, “Há lodo no cais”, “Matrix, “Laranja Mecânica”, “A rosa púrpura do Cairo”, “Truman Show”, “Tudo bons rapazes”, “Parque Jurássico”.

Aos que receiam os estraga-prazeres – ou “spoilers” - Juan Antonio Rivera deixa um aviso logo nas primeiras páginas: “Não tenha medo que lhe desvende os argumentos destas longas-metragens: creio (e espero) que vai ficar com mais vontade de vê-las depois daquilo que temos a dizer sobre elas. O objetivo deste ensaio é intensificar a contemplação dos filmes, e não substituí-la”. E é bem real. Como se não chegasse ter ficado com vontade de ver os filmes que ainda não vi, fiquei com vontade de rever os que já vi.

* Na Ror de Livros, o livro “O que Sócrates diria a Woody Allen. Cinema e filosofia” está disponível por 6 euros. A livraria de livros usados fica na Rua Senhor dos Aflitos, n.º 9, em Aveiro. Atende pelo facebook.com/rordelivros, por mail (rordelivros@gmail.com) ou pelo telefone 96 843 72 37. Durante o estado de emergência, com as devidas regras de segurança, a Ror de Livros está aberta às terças (das 16h às 19h) e aos sábados (das 14h às 19h).

Festa Publicidade

Apelo a contribuição dos leitores

O artigo que está a ler resulta de um trabalho desenvolvido pela redação da Aveiro Mag. Se puder, contribua para esta aposta no jornalismo regional (a Aveiro Mag mantém os seus conteúdos abertos a todos os leitores). A partir de 1 euro pode fazer toda a diferença.

IBAN: PT50 0033 0000 4555 2395 4290 5

MB Way: 913 851 503

Deixa um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Todos os campos são de preenchimento obrigatório.