AveiroMag AveiroMag

Magazine online generalista e de âmbito regional. A Aveiro Mag aposta em conteúdos relacionados com factos e figuras de Aveiro. Feita por, e para, aveirenses, esta é uma revista que está sempre atenta ao pulsar da região!

Aveiro Mag®

Faça parte deste projeto e anuncie aqui!

Pretendemos associar-nos a marcas que se revejam na nossa ambição e pretendam ser melhores, assim como nós. Anuncie connosco.

Como anunciar

Aveiro Mag®

Avenida Dr. Lourenço Peixinho, n.º 49, 1.º Direito, Fracção J.

3800-164 Aveiro

geral@aveiromag.pt
Aveiromag

Sugestões de leitura: Santa Joana Princesa em imagens

Literatura

A história da filha de Afonso V, que preferiu ser freira na pobre Aveiro, sem na realidade chegar a professar, em vez de ser princesa em Lisboa ou rainha nalgum palácio real europeu, tem sido alvo de renovado interesse. Na região de Aveiro continuam a ser publicados estudos e romances sobre Joana de Portugal. No Brasil, várias investigações universitárias centram-se a vida da princesa do século XV. Questão pertinente será saber se as abordagens, quer ficcionais, quer ensaísticas, trazem algo de novo.

Com a intenção de trazer tudo – ou pelo menos a maior parte – do que em termos de imagens se fez sobre “santa” Joana, João Gonçalves Gaspar escreveu “Iconografia da Princesa Santa Joana” (Tempo Novo Editora, 2018). Note-se que, na hierarquia dos altares, é apenas beata, mas o Papa Paulo VI concedeu que em Aveiro fosse tratada por “santa”. Trata-se de uma devoção particular (na diocese) e não universal (no mundo).

O livro é uma recolha gráfica das imagens, estatuetas, pinturas, medalhas, edifícios, selos e outros artefactos que representam Santa Joana, desde o tempo em que estava viva até à atualidade. A princesa morreu em Aveiro no dia 12 de maio de 1492 e, desta época, ou anteriores, são o seu retrato que está no Museu de Aveiro e é atribuído à escola de Nuno Gonçalves (pág. 5) e a travesseira que usava quando morreu (pág. 19, posse da Diocese de Aveiro). Depois, seguem-se estátuas e estatuetas, pinturas, igrejas, pagelas – o que não é nada incomum para alguém que os católicos veneram –, mas também proas de moliceiros, um navio bacalhoeiro, ilustrações de livros, jarrões, logotipo clínica dentária...

João Gonçalves Gaspar, padre, historiador (membro da Academia Portuguesa de História), tem dedicado grande parte dos seus escritos a Santa Joana. Depois da biografia de referência, que a Câmara Municipal de Aveiro publicou em 1982, de uma outra dedicada aos mais novos, com ilustrações de Jeremias Bandarra, e de um volume sobre como os sucessivos bispos se relacionaram com a padroeira de Aveiro (“Encontros e Encantos - Bispos na vida e na memória da Princesa Santa Joana”), este “Iconografia…” completa (encerra?) um ciclo dedicado à santa que este ano, por causa da pandemia, terá festejos apenas simbólicos no dia 12 de maio.

Jorge Pires Ferreira/Livraria Ror de Livros - Aveiro
Festa Publicidade

Apelo a contribuição dos leitores

O artigo que está a ler resulta de um trabalho desenvolvido pela redação da Aveiro Mag. Se puder, contribua para esta aposta no jornalismo regional (a Aveiro Mag mantém os seus conteúdos abertos a todos os leitores). A partir de 1 euro pode fazer toda a diferença.

IBAN: PT50 0033 0000 4555 2395 4290 5

MB Way: 913 851 503

Deixa um comentário

O teu endereço de e-mail não será publicado. Todos os campos são de preenchimento obrigatório.